olá! | hello!

Sou a Bertie, uma jornalista brasileira que sempre foi apaixonada por casamentos. Espero que as ideias apresentadas aqui te ajudem a imaginar um dia lindo e único, como você!

I'm Bertie, a Brazilian Journalist who has always been utterly in love with weddings. I hope that the ideas presented here help you to create a day as beautiful and unique as yourself!

arquivo | archive

posts sobre | posts on

babycakes

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Jacqueline

Quando as meninas da Tulle postaram em seu blog, Journal of a Beach House Bride, que dariam um Ralph Lauren anos 90, peça única, de graça à primeira noiva que adentrasse a boutique e coubesse perfeitamente no vestido, eu fiquei super curiosa para saber quem seria a grande vencedora. No entanto, assim como Lisa e Meaghan, jamais poderia imaginar quão perfeito seria o resultado dessa decisão, tomada a fim de tentar trazer um pouco de conforto a noivas pegas de surpresa por uma crise econômica que pode roubar-lhes – entre outras coisas – o sonho de um casamento.

Como disse anteriormente, a condição para ganhar o Ralph Lauren era que deveria ser um perfect fit, o que vinha se apresentando como um desafio, já que o vestido não era nem bem um 6, nem bem um 8. Até Jacqueline entrar na loja, junto com sua amiga Carol, à procura, na realidade, de um Monique Lhuillier em renda.

Jacqueline, de 58 anos, tinha acabado de terminar, naquela semana, sua segunda sessão de quimioterapia para tratamento de câncer de mama e mal sabia se conseguiria levantar da cama naquele dia. Mas lá estava ela, olhando-se no espelho com o Monique Lhuillier, quando as meninas lhe contaram sobre a promoção. Jackie vestiu o Ralph Lauren e... foi um perfect fit, como você pode ver abaixo!

Ela, no entanto, não se sentia confortável em aceitar o vestido. Entre lágrimas, disse às meninas que não tinha nem ao menos um noivo ainda. Como poderia tirar essa oportunidade de uma noiva com data marcada? Elas lhe explicaram que a única regra da promoção era o caimento perfeito e que não havia condições relacionadas à data. O vestido era dela! De fato, parece ter sido feito para ela!

Jackie havia tirado forças de sua fé para sair da cama naquele sábado. Expôs suas intenções numa oração: ela conseguiria superar a quimioterapia e a cirurgia de remoção das mamas. Naquele dia, faria um depósito para seu vestido de noiva, pois, quando tudo aquilo acabasse, ela encontraria seu príncipe e se casaria. Que confirmação Jacqueline recebeu! Ela agora tem seu vestido de noiva dando-lhe forças e lembrando-lhe, todos os dias, que suas adversidades passarão e que ela encontrará seu príncipe.

Não consigo descrever o que senti ao ler a história de Jacqueline. No mês da conscientização sobre o câncer de mama, as meninas da Tulle tiveram a oportunidade de ajudar a propagar esperança e força com sua ação. Verdadeiras fadas madrinhas!

Agradeço às doces Lisa e Meaghan por me permitirem traduzir sua narrativa e reproduzí-la para os leitores do {casando idéias}. Peço a todos que por aqui passarem que, por favor, coloquem a Jackie em suas orações e/ou que tenham pensamentos positivos em relação à sua cura.


Outros posts da semana dos vestidos:
*Galore!
*Tea with Stephanie
*Em Paris para a Primavera 2009 - Parte I
*Em Paris para a Primavera 2009 - Parte II
*Loving...
*Claire e O achado
*Whitney, sua mãe, Daphne e Martha
*About a dress
*Em Paris para a Primavera 2009 - Parte III
*Em Paris para a Primavera 2009 - Parte IV
*Em Paris para a Primavera 2009 - Parte V
*Beleza bucólica
*Avant-garde
*Loving...
*Em Paris para a Primavera 2009 - Parte VI
*Emma & Michael
*Moss & Spy
*Mar de vestidos