olá! | hello!

Sou a Bertie, uma jornalista brasileira que sempre foi apaixonada por casamentos. Espero que as ideias apresentadas aqui te ajudem a imaginar um dia lindo e único, como você!

I'm Bertie, a Brazilian Journalist who has always been utterly in love with weddings. I hope that the ideas presented here help you to create a day as beautiful and unique as yourself!

arquivo | archive

posts sobre | posts on

babycakes

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Before...




























Um ótimo fim-de-semana, Babycakes!

Lela Rose – Outono 2009

Os vestidos da texana Lela Rose foram feitos para agradar a gregas e troianas: apresentam belos desenhos, delicados e criativos detalhes e, ainda, são super femininos e sem excessos. Desde 2006, ela vem criando peças que aparentam simplicidade, mas, ao se observar atentamente, trazem elementos inesperados e um intrincado trabalho que busca a harmonia entre desenho e tecidos.

{1} Tomara-que-caia em jacquard,
com estampa floral, pequeninas pérolas
aplicadas e faixa de cetim. Acho que
estou vendo um rebordado nas pétalas.
Chunky e lindo!
{2} Foco total no belíssimo laço
estilizado do corpete franzido.

{3} Modelo com desenho super bonito
e corpete todo bordado com flores.
Costas à mostra e cauda incrível
para completar.

{4} Fofo na frente e sexy atrás,
este modelo contempla the best
of both worlds para noivas
femininas ao extremo.

{5} Adorei esse modelo com corpete
de franzidos enviesados, criando um
bonito desenho, faixa bordada na
cintura e interessante cauda off-centre!

{6} Costas assimétricas: babados
desiguais e saia enviesada.

{fotos: brides}

Liz & Josh

No meu trabalho, vejo incontáveis casamentos todos os dias. Alguns, no entanto, ficam comigo e me emocionam profundamente. Não estava lá, não conheço os noivos, mas fico com os olhos cheios de lágrimas só de ver as fotos.

São, normalmente, casamentos em que os noivos conseguiram driblar o nervosismo e a vergonha (super naturais, aliás), deixando seus verdadeiros sentimentos fluírem. Conseguiram deixar de lado a preocupação com os detalhes, o grupo de pessoas filmando, o outro tirando fotos, as famílias inteiras presentes, as pessoas mais ou menos conhecidas que se aglomeram para vê-los entrar, o padre/bispo/rabino/juiz/xamã no final do túnel de gente, entre outras centenas de fatores. Mantiveram o foco no principal: no fim daquele túnel de gente também está o seu melhor amigo. E a cada momento ele fica mais próximo. Acho, sinceramente, que é isso que os noivos devem ter em mente.

No casamento da Liz e do Josh, registrado pela única Anna Kuperberg, o que vemos é um casal apaixonado que, em determinados momentos, parece estar sozinho, mesmo tendo ao seu redor tantos convidados partilhando de seu dia de intensa alegria e emoção, e que procuram absorver, da melhor forma que conseguem, todo o carinho que lhes é oferecido por aqueles que os amam. Espero que ao vê-los em sua autêntica expressão de amor entre si e para com os outros, você também consiga driblar as intempéries emocionais do seu dia e deixar seus sentimentos virem à tona da forma mais verdadeira possível.

Agradeço à Anna por sua generosidade ao me permitir partilhar seu belo trabalho com os leitores do {casando idéias}.