olá! | hello!

Sou a Bertie, uma jornalista brasileira que sempre foi apaixonada por casamentos. Espero que as ideias apresentadas aqui te ajudem a imaginar um dia lindo e único, como você!

I'm Bertie, a Brazilian Journalist who has always been utterly in love with weddings. I hope that the ideas presented here help you to create a day as beautiful and unique as yourself!

arquivo | archive

posts sobre | posts on

babycakes

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Martha e o futuro | Martha and the future

wedding dress of martha mears yocumMartha e o futuro | Martha and the future
19/06/09

Não sei se eu já contei isso para você, mas eu adoro Genealogia. Desde bem pequena, eu me interesso pelas origens das famílias de meus pais. Mesmo hoje em dia, com toda a tecnologia do mundo, um dos momentos mais incríveis para um entusiasta é quando ele encontra fotos antigas de seus antepassados. É uma superemoção olhar para aquelas imagens e, de alguma forma, se ver nos traços de alguém que viveu décadas, talvez um século, antes de você. Quem sabe esta não é a razão do meu amor por fotografia de casamento?

Pois bem, esta semana a Amanda, do Vintage Glam, postou sobre um site que vende artigos vintage chamado Antique Dress. Mesmo celebrando meu aniversário, tive que dar um pulinho até lá e conferir o inventário. Um achado, Babycakes! As imagens acima são de uma listagem que já foi vendida, com itens do casamento de Martha Yocum e Richard Withington Canfield, que aconteceu em 30 de setembro de 1913, no mesmo local em que os pais de Martha se casaram, 47 anos antes. Como eu sei disso tudo? Bom, além do vestido, esta listagem veio com uma foto da noiva no dia de seu casamento, o convite, proclamas publicados em jornais e os sapatos usados por Martha!

martha mears yocum on her wedding day 13th of september 1913 and wedding dress of martha mears yocumwedding announcements of martha mears yocum and richard withington canfield
Apesar de não fazer parte desta família, me deixa muito feliz ver este material publicado, de alguma forma conservado. Os itens podem não fazer mais parte daquela família, mas estão catalogados digitalmente, o que pode ser de grande utilidade para futuros genealogistas. Agora ele está publicado aqui também e vamos torcer para que esteja levando esta informação para ainda mais longe! Eu também estou apaixonada pelos trajes de casamento da Martha e o fato de termos acesso a imagens superdetalhadas é realmente fantástico.

details of wedding dress of martha mears yocumdetails of wedding dress of martha mears yocumdetails of wedding dress of martha mears yocum
Mesmo vivendo num universo meio virtual, meio real, minha dica é conservar o que você puder e tornar suas memórias mais tangíveis (e tácteis!) para seus filhos, netos e bisnetos. Digitalize tudo que você puder, mas guarde alguns itens que fizeram parte de seu casamento!

1) Se não é possível guardar o vestido, guarde um enfeite de cabelo, seu véu e, é claro, as joias. Até retalhos de tecido que sobraram da confecção de seu vestido podem ser utilizados no futuro para amarrar um buquê ou como exemplo para reprodução. As abotoaduras de seu noivo, suspensórios e sua gravata fazem lindas peças de família também;

2) Faça um livro de presenças! Com espaço para recadinhos e fotos dos convidados é ainda mais interessante;

3) Monte uma cápsula do tempo! Junte pequenos detalhes de seu casamento (um guardanapo, uma fitinha de cetim, uma flor dos arranjos etc.) e peça para seus parentes e amigos mais próximos escreverem cartas para vocês. Coloque tudo dentro de uma caixa e guarde-a até uma data acordada entre os dois. Pode ser daqui a um, dois, dez ou vinte anos;

4) Guarde o jornal que você costuma ler publicado no dia do seu casamento! Um simples jornal ajuda a descobrir a vertente política do pesquisado, seu nível de escolaridade e, claro, o que estava acontecendo no seu país e/ou cidade naquele momento;

5) Fotografe, se possível, os registros de casamento assinados! Apesar de não ter valor legal, é sempre bom ter uma cópia que sirva de referência para as futuras gerações. Muitos documentos foram perdidos, por exemplo, em incêndios ou enchentes e, apesar de termos a tecnologia a nosso favor, muito pode acabar sendo apagado sabe-se lá como! Oi para segunda via também, é claro;

6) É sempre maravilhoso encontrar cartas e diários de nossos antepassados. Hoje, podemos facilmente montar um blog e registrar todos os momentos da organização de nossos casamentos para as gerações futuras. Salve o conteúdo de seu blog regularmente em seu computador, queime-o em CD e mantenha-o online até quando puder. Não posso me esquecer dos scrapbooks, que também oferecem uma ótima noção de nossas opções e decisões;

7) Last but not least: fotografia e vídeo. Sim, sim, ambos se possível! Talvez pareça redundante, mas se você se emociona quando lê um romance de época, você consegue imaginar se fosse um romance sobre pessoas reais com as quais se tem um parentesco? Agora, imagine só uma versão cinematográfica super bem feita desse seu querido romance... Ter tal insight em relação ao seu grande dia pode prover aos seus descendentes uma compreensão mais profunda de suas próprias vidas.

Talvez muito pouco deste material chegará às mãos de seus bisnetos. As coisas se perdem quando as pessoas se mudam, por exemplo, e, às vezes, até mesmo familiares perdem a vontade de guardar tais peças. Tente, no entanto. Procure guardar estes itens com cuidado e passar para suas crianças a beleza da relação entre herança e história. Desta forma, você pode ter certeza de que estará partilhando com gerações ainda por vir um pouquinho mais de vocês dois!

Se você tiver mais alguma dica que gostaria de partilhar, por favor, deixe um comentário!

wedding invitation of martha mears yocum and richard withington canfield
I am not sure if I've ever told you, but I love Genealogy. From a very early age, I have been interested in the origins of my parents' families. Today, even with all technology we have at our disposal, one of the most incredible moments for an enthusiast is when he or she finds old photos of their forefathers. It's super emotional to look through those images and somehow see yourself on someone who lived decades, maybe a century before you. Maybe this is one of the reasons why I love wedding photography so much!

This week, Amanda, at Vintage Glam, posted about a website that sells vintage items of clothing called Antique Dress. Despite celebrating my birthday, I had to stop by and check their inventory. What a find, Babycakes! The images above are from a sold listing, of items from the wedding of Martha Yocum to Richard Withington Canfield, which took place on the 30th of September of 1913, in the same room Martha's parents had gotten married 47 years before. How do I know this? Well, besides the dress, this listing came with a photo of the bride on her wedding day, the invitation, news clipping announcements and the shoes worn by Martha!

martha mears yocum on her wedding day 13th of september 1913 and wedding dress of martha mears yocumwedding announcements of martha mears yocum and richard withington canfield
Although I am not part of this family, it makes me so happy to see this material published and preserved. The items might not be part of that family any more, but they have been digitally catalogued, potentially a great help for future Genealogists. Now it is published here too and hopefully the information will spread even further. I am desperately in love with Martha's wedding attire and the fact that we have access to such detailed images is truly fantastic.

details of wedding dress of martha mears yocumdetails of wedding dress of martha mears yocumdetails of wedding dress of martha mears yocum
Despite the fact that we live in a universe half virtual, half real, my tip would be: try to keep what you can, make your memories more tangible (and tactile) for your kids, grandkids and great-grandkids. Digitize everything you can, but do keep some items that were part of your wedding!

1) If it is not possible to save your dress, save a headpiece, your veil and, of course, your jewellery. Even fabric scraps left after the creation of your dress can be used again in the future to tie a bouquet or as a sample for reproduction. Your husband's boutonnières, braces and tie make beautiful family heirloom too;

2) Make a guestbook! Spaces for messages and photos of the guests make it even more interesting;

3) Make a time capsule! Assemble some small details of your wedding (a napkin, a satin ribbon, a flower from the centrepieces etc.) and ask your relatives and close friends to write letters for you. Put everything inside a box and leave them there until an agreed date between you two. It can be in one, two, ten or twenty years;

4) Save the copy of your usual newspaper published on your wedding day! A simple newspaper can help find out the political views of the researched individual, his or her educational level and, of course, what was going on in their country and/or city at that time;

5) Photograph, if you can, the signed wedding records! Despite not having legal value, it is always good to have a copy that may serve as a reference for future generations. Plenty documents were lost in fires or floods, for example, and although we have technology on our side, much can end up being erased somehow. Also, a big shout out to second copies, of course;

6) It is always wonderful as well to find letters and diaries written by our forefathers. Today, we can easily create and maintain a blog to register every moment of the planning of our weddings for future generations. Save the content of your blog regularly to your computer, burn a CD with it and try to keep it online as long as you can. And I can't forget to mention scrapbooks, which can also offer a good notion of our options and decisions;

7) Last but not least: photography and video. Oh yes, both if possible! You might think video is redundant but if your heart melts when you read a period novel, can you imagine if it was a period novel about real people to whom you are related? Now, think about a very well made movie version of that beloved novel... Having such an insight on your big day might enable your descendants to understand a whole lot about their own lives.

Perhaps very little of this material will reach your great-grandkids. Things get lost when people move and, sometimes, even family members lose the will to save such pieces. But try. Aim to save these items with care and pass along to your kids the beauty of the relationship between heirloom and history. In doing so, be assured that you'll be sharing with generations to come a little bit more of you both!

If you have any other tips you would like to share, please do leave a comment!

3 comentários:

Gabi Ramos disse...

Bertie
Amei! Pretendo guardar o máximo possível deste grande dia...
Linkei seu post no meu blog...
Viste-o:
http://casamentofacil.blogspot.com/

Bjinhos

Jeremias disse...

Bertie, sensacional seu post sobre guardar artigos do passado, relembrar a história.
Vou me casar a daqui 29 dias no moinho sto antonio (inclusive estou pensando em te mandar umas fotos e um breve texto se assim voce me permitir) e qdo minha mae casou ela pegou um vaso de murano italiano da casa da mae dela (minha avo) esse vaso minha avó ganhou da sogra dela que era italiana e minha mae lembra desse vaso de qdo ela ia na casa da nona dela, qdo ela pegou ele da minha avó ela comprou um vaso e deu de presente pra ela, eu ja estou providenciando um vaso para dar pra minha mae e pegar o vaso de murano para levar pro meu apartamento, mais do que herança, ele faz parte da história da minha mãe, da minha familia.

Amei seu post, Parabéns, sucesso!!!

Ass> Nathaly Levoto Costa
na_levoto@hotmail.com

Raissa Morilla disse...

oi!!gostei do seu blog e jah toh seguindo ele, vc tem ideias maravilhosas!!!
bju