olá! | hello!

Sou a Bertie, uma jornalista brasileira que sempre foi apaixonada por casamentos. Espero que as ideias apresentadas aqui te ajudem a imaginar um dia lindo e único, como você!

I'm Bertie, a Brazilian Journalist who has always been utterly in love with weddings. I hope that the ideas presented here help you to create a day as beautiful and unique as yourself!

arquivo | archive

posts sobre | posts on

babycakes

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Doce romance por Paula Zaragüeta

Já faz alguns meses que venho escutando mais e mais o nome de Paula Zaragüeta. Amigas e leitoras vêm superelogiando a estilista de São Paulo e me deixando cada vez mais curiosa para conhecer seu trabalho e mostrá-lo para você!

Adorei quando ela concordou em partilhar com o {casando ideias} um pouco de si e do que faz - com muito amor, diga-se de passagem! Suas criações evocam um passado ultrarromântico, mas Paula é versátil e não tem medo de desafios quando o que está em jogo é o sonho de suas noivas. Além de tudo, ela é uma graça e suas clientes também! As fotos abaixo são da prova do vestido, já com cabelo e maquiagem, da fofa da Marina, que também é leitora do {casando ideias}! Linda demais, não? Felicidades para você e seu noivo, Marina!


Ficou curiosa para conhecer melhor a Paula também? Então aqui vai nossa entrevista!

****************************

{ci} Conte-nos sobre seu background: como a Paula virou a estilista Paula Zaragüeta?

Sou formada em Direito pela Universidade Mackenzie, em São Paulo, e já na época que prestei vestibular tinha muitas dúvidas entre estudar Moda ou Direito. Como venho de uma família supertradicional, não houve nem discussão a respeito desse assunto. Não existia outra alternativa: tinha que estudar Direito. Acabei me formando, mas, já no quarto ano da Faculdade de Direito, saí do estágio que fazia em um escritório e consegui um trato com minha família: formaria-me em Direito desde que, após a formatura, pudesse ir atrás de meu sonho.

Dito e feito. Entreguei meu TCC e no dia seguinte embarquei de mala, cuia e cachorrinho para NYC onde estudei moda na Parsons The New School for Design por dois anos.

Estes anos em NYC foram essenciais para minha carreira. Foi lá que tive a oportunidade de ver muito de perto como funcionava uma grande indústria de moda. Estagiei com a equipe de Design do Richard Chai, que na época foi Diretor de Design da Marc Jacobs e, depois, da TSE, na qual fiquei até Assistant Designer. Eram os trabalhos mais minuciosos que chamavam minha atenção e foi daí que, aos pouquinhos, fui me encantando e me especializando em alta costura.

Assim que pisei de volta no Brasil, comecei a por em prática minhas técnicas de alta costura. Primeiro, atendendo clientes mais próximas, em minha casa, e depois com o boca-a-boca, abri meu primeiro ateliê, que se situava na Vila Madalena. Hoje, já faz mais de dois anos que atendo minhas clientes no meu ateliê na Rua Oscar Freire.

{ci} Conte-nos um pouco sobre suas principais fontes de inspiração.

A minha inspiração vem de tudo que é ultrafeminino. Gosto de explorar ao máximo o lado menina e mulher de cada cliente. Acredito que a mulher moderna perdeu muito as referências do "sexo frágil". Sou uma romântica assumidíssima e tento trazer à tona este lado em cada uma de minhas noivas, por exemplo.


{ci} Como funciona sua parceria com as noivas?

A minha parceria com as noivas vai muito além de ser somente "sua estilista". Cuido de todos os detalhes do look da noiva para o dia de seu casamento. E também acabo ajudando na escolha de alguns fornecedores, quando posso dar alguma indicação.

Costumo brincar que meu ateliê também pode ser "divã". Aqui as noivas não têm somente toda a assessoria de estilo para o dia mais importante de suas vidas; crio um vínculo com elas, a partir do qual elas se sentem à vontade para desabafar, dividir angústias e felicidades. Percebo que muitas delas sentem falta de uma pessoa só para ouví-las. Acho que o clima intimista do meu atendimento e do ateliê proporciona isso.

Para ajudar as mais ansiosas ou, até mesmo, as que não moram em São Paulo, ficamos online todos os dias. Assim facilito nosso contato e posso colocá-las a par das novidades e do andamento de seus vestidos.


{ci} Você tem uma criação especial que tenha te marcado de alguma forma?

Acho que sou uma estilista "coruja". Adoro todas as minhas criações e meu maior prazer é vê-las prontíssimas, entrando em ação. Chego muitas vezes a ficar emocionada. Cada criação, a seu modo e a seu jeito, acaba me marcando.

Se vou citar só uma, no momento penso em uma noiva que se casou no ano passado, em novembro. Foi um vestido que saiu muito dos padrões característicos "Paula Zaragüeta". Foi um vestido, em termos técnicos de costura, supercomplexo, porque foi feito em várias tiras duplas de cetim bucol de seda, e que levou alguns meses de prova e paciência da noiva para ficar maravilhoso. Sem contar que, em termos de estilo, ele era supermoderno, mas também superfeminino. Para mim, foi um desafio, pois a noiva em si era uma mulher superindependente e moderna, e conciliar todo meu romantismo com o perfil dela foi uma tarefa que gerou um resultado surpreendente!


{ci} Que acessório é indispensável para uma noiva?

Um sapato suuuuuuuuper confortável! Se a noiva não dança, a festa não anima!

{ci} Num mundo completamente conceitual, onde não houvesse limites, tudo estaria ao seu alcance e você tivesse carta branca, como sua noiva estaria vestida?

Não abriria mão jamais das rendas! Mas, com certeza, minha noiva estaria maravilhosa em um vestido de silhueta marcada e muita roda, com muito bordado em cristais, pluminhas, peles... Acho que assim, falando, parece uma "perua"! Não seria essa a idéia. Mas perderia dois anos para confeccionar este vestido, com materiais raríssimos e muito garimpados pelo mundo. Se possível, de repente, uma parte de cada detalhe do vestido seria trazido de algum lugar, de algum país. Tecidos feitos todos à mão, preparados e desenvolvidos somente para esta noiva. Com certeza seria um vestido único!


{ci} Quais serão as principais tendências para as noivas de 2009?

Não sou muito de seguir tendências. Acho até que esta é uma palavra que não cabe quando se fala de vestido de noiva, pois ele tem que traduzir a personalidade de cada noiva e isso é atemporal. Um vestido vintage, um vestido moderno, um vestido megaromântico: tudo isso são tendências desde que indiquem a personalidade da noiva.


{ci} E para as madrinhas?

Para as madrinhas, gosto de usar cores alegres. O casamento é um momento de alegria, e o papel da madrinha é de abençoar e ser testemunha dessa alegria. Nada como cores vivas, que levantam o astral!

Gosto também de tecidos fluidos, que dão movimento: as musselines, chiffons e crepes de seda são sempre boas pedidas para madrinhas!

{ci} Como você vê a indústria de casamentos de São Paulo? Existe algo que em sua opinião pode ser melhorado?

Vejo que o segmento de casamentos em São Paulo não para de crescer dia após dia. Por um lado acho incrível, porque cada vez mais novos talentos e novos profissionais têm se destacado, e isso dá a chance de se tornarem conhecidos. As opções, hoje, são inúmeras em se tratando de praticamente todo fornecedor voltado para casamento. Por outro lado, vejo que muitas vezes o casamento perde sua essência e acaba sendo tratado como um "evento", um negócio. E aqui não me refiro somente ao tamanho dos casamentos que têm sido feitos, mas sim como o próprio mercado trata deste assunto. Às vezes, a própria maneira de se conduzir a organização do casamento acaba descaracterizando-o.

{ci} Qual o seu principal conselho para as noivas que estão começando a organizar seu casamento?

Acima de tudo, antes das opiniões, seja você mesma. Faça um casamento que tenha sua identidade, com a cara dos noivos. Muitas noivas me perguntam qual é o casamento mais lindo, mais legal, mais inesquecível e sempre respondo que é aquele no qual o amor dos noivos é celebrado, onde em cada detalhe você pode perceber um pouquinho dele e dela. O astral dos noivos é que vai fazer da festa de casamento uma festa bonita e animada.


****************************

Superobrigada à gentil Paula e às suas belíssimas noivas! Que prazer recebê-las aqui no blog! Deu para perceber que dedicação e carinho são as palavras que definem o trabalho da estilista, não é mesmo?


Onde encontrar:

Ateliê Paula Zaragüeta
Rua Oscar Freire, 329
São Paulo – SP
Tel.: (11) 3062-1046

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Vibrant romance

Super-rosas e um pouquinho de vermelho tornam a antiga propriedade que serve de cenário para este casamento palco de uma alegre mistura. Uma cerimônia ao ar livre e uma recepção na parte interna da casa acolhem os convidados numa celebração intimista e elegante.

{1} {2}
{3} {4}
{5} {6} {7}
{8} {9} {10}
{11} {12} {13}

Em NY para o Outono 2009 - Parte II





quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

JloveS

Em NY para o Outono 2009 - Parte I