olá! | hello!

Sou a Bertie, uma jornalista brasileira que sempre foi apaixonada por casamentos. Espero que as ideias apresentadas aqui te ajudem a imaginar um dia lindo e único, como você!

I'm Bertie, a Brazilian Journalist who has always been utterly in love with weddings. I hope that the ideas presented here help you to create a day as beautiful and unique as yourself!

arquivo | archive

posts sobre | posts on

babycakes

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Johanna Johnson 2010

Johanna Johnson 2010
19/01/10

A nova coleção da australiana Johanna Johnson, Zepphora, é o paraíso do corte enviesado, iluminado por uma interpretação da extravagância e efervescência dos anos 20 e 30 utilizando uma mar de cristais, contas e brilho de cetim. É dramática, glamourosa e completamente usável por uma noiva vibrante, segura de si e de seu corpo.

A renda trabalhada à mão e os adornos bordados complementam as criações de Johanna de uma forma bastante régia. Observe o Isolde II, com seu cinto e detalhe no ombro de Swarovski, ou o Susannah, com a aplicação em renda francesa posicionada a fim de criar mangas japonesas ondulantes e de emoldurar a abertura nas costas.

Acho incrível que todos os acessórios mostrados possam ser comprados e a maioria dos detalhes, adicionados ou removidos de acordo com o gosto da noiva. A possibilidade de dar seu toque ao vestido diz muito sobre uma coleção pronta. Tal qual a fórmula dos separados de Monique Lhuillier, da qual sou super a favor!

Espero que vocês gostem de minha seleção, mas não deixem de passar aqui e aqui para ver os outros vestidos! Ah, a Johanna também tem Twitter! Devo dizer que fiquei com superinveja quando ela postou estar até os joelhos em rendas e adornos parisienses!

The new Johanna Johnson collection, Zepphora, is bias cut heaven lit by an interpretation of 20's and 30's panache and effervescence with a sea of crystals, beads and the shimmer of satin. It is dramatic, glamorous and completely wearable by the passionate bride, sure of herself and of her figure.

The hand-worked lace and the hand-beaded embellishments complement Johanna's designs in such a regal way. Just look at The Isolde II, with its Swarovski belt and shoulder detail, or The Susannah, with its French lace appliqué positioned to create fluttery capped sleeves and frame the open back.

I find it amazing that all the accessories showed can be purchased and many of the details added or removed according to the bride's taste. It says a lot about a collection when you are able to contribute your touch to the dress. A bit like Monique Lhuillier's formula of the separates, one which I am all for!

I hope you like my selection, but make sure to stop by here and here to check the rest of the dresses! Oh, and Johanna tweets! I have to say I got super envious when she posted “Knee deep in Parisian laces and embellishments...”!

{ the vintage }

{ the caroline }

{ the susannah }

{ the isolde ii }

{ the isolde i }

{ the garden }

{ the viva }

{ the cosmo }

{ the ruby }

{ the violet }

{ the lola }

{ the inez }

{ the vivienne }

{ the flora | the helena }

{ the starla }

{ the cosette }

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

2010 Golden Globe Awards

2010 Golden Globe Awards
18/01/2010

Drew Barrymore poderia se passar por uma musa neste glorioso Versace nude. Os hérissons de cristal no ombro e no quadril, o corselete estruturado e o revestimento translúcido criaram um vestido surpreendente que Drew tanto vestiu quanto acessorou de uma forma superbonita.

A Diane Kruger escolheu um modelo em degradé pink pelo meu querido Christian Lacroix. Ela sabe como me agradar, favorecendo meus favoritos: Pacey, Lagerfeld (e seus variados outlets) e, agora, Lacroix. Por falar nisso, muitas fotos fofas dela com Pacey. Tive que postar algumas. Desculpem-me!

Chloé Sevigny estava perfeitamente etérea em seu Valentino de babados. Passei um tempão tentando entender como o vestido ficava no lugar até descobrir a pala em tecido translúcido. Supertranslúcido mesmo!

Já Nicole Kidman estava vintage num Nina Ricci em cetim com laços espalhados. É impossível não amar aqueles botões laterais e seu coque de lado!

A Toni Collette, em Elie Saab, e a Jennifer Garner, de Versace, fizeram escolhas radiantes (literalmente) na forma de vestidos listrados. Com toques de brilho mais localizados, Jeanne Tripplehorn optou por um Alberta Ferretti deslumbrante e Kate Winslet escolheu um Yves Saint Laurent que destacou suas curvas de um jeito lindo. Aliás, o penteado da Kate foi a definição de equilíbrio: um coque despenteado bastante controlado.

Algumas outras considerações:
. O decote da Ginnifer Goodwin estava uma graça (quero mais detalhes como esse, por favor!);
. A filha da Joan Allen, Sadie Friedman, estava num vestido tipo deusa grega superfluido que parecia perfeito nela;
. O corte pixie da Carrie Mulligan, adornado com uma adorável tiara (na verdade, um colar de diamantes do século XIX de 20 quilates da Fred Leighton); as ondas doces da Rose Byrne, decoradas com um broche; e o coque lateral + os enormes brincos (aliás, a noite foi de brincos-statement, não é mesmo?) de Kate Hudson também estavam inspiradores e mereceram ser incluídos.

Aqui vão minha escolhas da noite:

Drew Barrymore looked muse-like in this glorious nude Versace. The crystallized hérissons on the shoulder and hip, the boned corset and sheer overlay combined to create a dazzling gown carried beautifully by Drew and accessorised likewise.

Diane Kruger wore a pink degradé gown by my loveable and hugable Christian Lacroix. She knows how to please me, favouring my favourites: Pacey, Lagerfeld (and his varied outlets) and, now, Lacroix. By the way, many cute photos of her and Pacey. Had to post some. Sorry!

Chloé Sevigny was perfectly ethereal in her ruffled Valentino. I spent a long time trying to figure out how the dress was kept together until I spotted the illusion neckline. Illusion indeed!

Nicole Kidman embodied vintage in a satin Nina Ricci with bows all over. One has got to love those side buttons and her side bun!

Toni Colette, in Elie Saab, and Jennifer Garner, in Versace, made glittery-perfect choices in the form of striped garments. With more localized jewelled touches, Jeanne Tripplehorn opted for a stunning Alberta Ferretti and Kate Winslet chose an Yves Saint Laurent that made her curves stand out beautifully. By the way, Kate's hairdo was the definition of equilibrium: a very controlled messy bun.

On other notes:
. Ginnifer Goodwin's neckline was oh-so gorgeous (I want more details like that, please!);
. Joan Allen's daughter, Sadie Friedman, was wearing a fluid goddess-like gown that looked perfect on her;
. Carrey Mulligan's pixie cut adorned with that lovely tiara of hers (actually a 19th century, 20-carat, single-strand diamond necklace by Fred Leighton), Rose Byrne's sweet waves decorated with a brooch and Kate Hudson's side bun + enormous earrings (by the way, it was the statement-earrings-night, wasn't it?) were also inspiring and needed to be included.

Here are my choices of the night:

{ drew barrymore de | in versace }

{ diane kruger de | in christian lacroix }

{ chloé sevigny de | in valentino }

{ nicole kidman de | in nina ricci }

{ toni collette de | in elie saab }


{ jennifer garner de | in versace }

{ jeanne tripplehorn de | in alberta ferretti }

{ kate winslet de | in yves saint laurent }

{ ginnifer goodwin de | in vionnet }

{ penelope cruz de | in armani privé }

{ rose byrne de | in lanvin }

{ sadie friedman }

{ jane krakowski de | in j. mendel }

{ emily blunt de | in dolce & gabbana }

{ helen mirren de | in armani privé }

{ maggie gyllenhaal de | in rm by roland mouret }

{ costas em detalhe } { back details }
{ jennifer garner de | in versace } { toni colette de | in elie saab }
{ zoe saldana de | in louis vuitton } { jennifer morrison de | in luis antonio }

{ carrey mulligan }

{ kate hudson }

{ fotos | photos: wireimage }

Stephanie & Aaron

Stephanie & Aaron
18/01/10

Beleza fotográfica é o normal quando se fala do trabalho da Emily Johnston Anderson. Se até mesmo os dípticos que ela publica em seu blog denotam uma narrativa visual inspirada, você consegue imaginar seus álbuns de casamento? Ela partilha conosco hoje não apenas esta celebração intimista e genuína, mas também um pouco sobre seu processo:

A Stephanie e o Aaron se casaram na pequena cidade de Cashmere, Washington, pertinho de Wenatchee, a “Capital Mundial da Maçã”. Sua recepção aconteceu na Anjou, uma confeitaria pousada no topo de um pomar de peras. O cenário foi responsável por estes retratos idílicos, especialmente o Rio Wenatchee, onde os padrinhos dobraram as barras das calças e refrescaram seus pés para algumas fotos!

Como uma documentarista de casamentos, meu trabalho é simples. Um casal passa meses planejando sua celebração a fim de que seja uma expressão de quem são e do que estimam, Para mim, fotografar seu casamento é como “ler” estes detalhes e compreender as pistas para que eu, em troca, faça imagens que realmente reflitam quem eles são."

Photographic beauty is a given when you are talking about the work of Emily Johnston Anderson. If even the diptychs she publishes on her blog denote an inspired visual narrative, can you imagine her wedding albums? She shares with us today not only this intimate and genuine celebration but also a bit about her process:

Stephanie & Aaron were married in the little valley town of Cashmere, Washington, a stone's throw from Wenatchee, the "Apple Capital of the World". Their reception was held at Anjou, a bakery perched at the edge of a pear orchard. The setting made for these idyllic portraits, especially down by the Wenatchee River where the groomsmen rolled up their trousers and cooled their feet for a few shots!

As a wedding documentarian, my work is simple. A couple spends months planning their celebration to be an expression of themselves and what they value. For me, photographing their wedding is about "reading" these details and understanding the clues so that I can, in turn, make images that truly reflect who they are.


Para a recepção do Aaron e da Stephanie, eu sabia que seria importante capturar a pura alegria que representa ter as pessoas queridas juntas em um lugar lindo. A comida incrível, por exemplo, foi uma forma perfeita de destacar estas relações – a confeitaria é de propriedade de amigos da família da noiva e parecia que todos estavam pessoalmente envolvidos na preparação da comida e em serví-la. A Stephanie e o Aaron são pessoas profundamente caridosas e, como vivem em Chian Mai, Tailândia (onde trabalham para ONGs), este momento foi especialmente importante para eles como uma chance de se reunir com amigos e familiares.

For Aaron & Stephanie's reception, I knew it would be important to capture the simple joy of loved ones being together in a beautiful place. The incredible food, for instance, was a perfect way to highlight those relationships--the bakery is owned by family friends of the bride, and it seemed everyone was very personally involved in preparing and serving the food. Stephanie & Aaron are deeply caring people, and, as they're living in Chiang Mai, Thailand (where they work for NGOs), this time was especially important to them as a chance to reconnect with friends and family.


Foi uma privilégio incrível documentar as frases de abertura deste capítulo de suas vidas e mal posso esperar para ver como a história deles juntos se desdobrará!

It was an incredible privilege to document the opening lines of this chapter in their life, and I can't wait to see how their story together unfolds!

Muito obrigada, Emily, por seu inspirador relato e por estas lindas fotos!

Eu me apaixonei pelo trabalho da Emily e por sua profunda sensibilidade ao capturar imagens. Convido você para visitar seu blog e website e conhecer mais de sua arte! Para mais fotos do casamento da Stephanie e do Aaron, por favor clique aqui, aqui e aqui.

Ah, se você não está nos EUA e amou o trabalho da Emily também, ficará feliz em saber que é possível contratá-la para fotografar casamentos no mundo todo!

Thank you so much, Emily, for your inspiring contribution and for these beautiful photos!

I fell in love with Emily's work and with her deep sensitivity when capturing images. I invite you to visit her blog and website and get to know more about her art! For more photos of Stephanie and Aaron's wedding photos, please click here, here and here!

Oh, if you are not in the US and loved Emily's work too, you will be pleased to know she is available for wedding commissions worldwide!