olá! | hello!

Sou a Bertie, uma jornalista brasileira que sempre foi apaixonada por casamentos. Espero que as ideias apresentadas aqui te ajudem a imaginar um dia lindo e único, como você!

I'm Bertie, a Brazilian Journalist who has always been utterly in love with weddings. I hope that the ideas presented here help you to create a day as beautiful and unique as yourself!

arquivo | archive

posts sobre | posts on

babycakes

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

2010 Screen Actors Guild Awards

2010 Screen Actors Guild Awards
25/01/10

Diane Kruger estava inadjetivável num Jason Wu mostarda de tirar o fôlego. O decote, as mangas e o pregueado do corpete, que continuava pela cauda, eram obras primas. Os lindos brincos e a maquiagem num dueto rubi/ouro contribuíram para tornar o conjunto imaculado.

Christina Applegate escolheu um magnífico Roberto Cavalli de chiffon de seda azul claro repleto de adornos. Seu look estava a definição de celestial e tinha um apelo vintage que me fez amá-lo ainda mais. Pregueados são uma ótima forma de dar destaque a um corpete, e o trabalho de Cavalli ofereceu tanto inventividade quanto excelente caimento. Seu cabelo estava com o mais lindo coque com trança, decorado com uma joia criada por Lorraine Schwartz. Está em tamanho grande abaixo para você levar para seu cabeleireiro!

Sandra Bullock impressionou ao escolher um Alexander McQueen preto com contas azuis bordadas. Não sou fã da abertura em gota, mas não me incomodou tanto quanto em outras ocasiões. Outro vestido que se destacou foi o superjusto de Stana Katic, com costas drapeadas e lantejoulas metálicas. Seu cabelo, maquiagem e joias finalizaram o look com sofisticação e distinção.

O Monique Lhuillier azul marinho de Drew Barrymore tinha mais um dos adoráveis corpetes pregueados da noite, que mudava levemente de cor com a incidência da luz. A saia em camadas com borda adornada criou uma silhueta romântica, mas também trouxe um pouco de bossa ao conceito.

Para mim, o alegre roxo do Alberta Ferretti de Anna Kendrick, com suas multiminicamadas, foi uma escolha muito mais adequadas do que seu Marchesa do Globo de Ouro. Os brincos e bracelete foram ótimos complementos para seu look bem jovial. Já sua companheira de elenco em “Amor sem Escalas”, Vera Farmiga, optou por uma de minhas coleções Primavera 2010 favoritas, desfilando um J. Mendel com pregueado de sonho. Não sou do time dos decotes profundos em V, mas o de Vera estava discreto e delicado.

Christina Hendricks selecionou um Carolina Herrera de um ombro só em vermelho que valorizou suas curvas. A costura na cintura natural estava simplesmente no lugar exato. Eu adoro a cor dos olhos da Christina e sua maquiagem superdestacou o lindo azul.

Abaixo, segue minha seleção e alguns dos penteados que me chamaram a atenção nos Prêmios SAG 2010. Divirtam-se!

Diane Kruger was beyond adjectives in a breathtaking mustard-coloured Jason Wu. The neckline, sleeves and ruching of the bodice, which continues through the tail, are works of art. The accessories and make-up going for the ruby/gold combination contributed to the flawless ensemble.

Christina Applegate went for a magnificent light blue silk chiffon by Roberto Cavalli with embellishments galore. Her look was the definition of celestial and had a certain vintage feel to it that made me love it even more. Ruching is a great way to add interest to a bodice and Cavalli's design is both flattering and clever. Her hair was the most gorgeous braided bun adorned with a Lorraine Schwartz jewel. It is blown up for you to take to your hairdresser!

Sandra Bullock impressed by choosing a black Alexander McQueen with blue beads adorning the neckline. I am not a fan of the keyhole opening, but it didn't bother me as much as it usually does. Another garment that wowed me was Stana Katic's body-hugging dress with plunging cowl back and all-over metallic sequins. Her hair, make-up and choice of jewellery added sophistication and grandeur to the ensemble.

Drew Barrymore's navy blue Monique Lhuillier gown had yet another delightful ruched bodice, which subtly changed shade when caught by the light. The tiered skirt with embellished hem made for a romantic shape but was also a fun take on the concept.

For me, Anna Kendrick's joyful purple Alberta Ferretti gown with multi-mini-tiers was a much more appropriate choice than her Golden Globes' Marchesa. The earrings and bracelet were a great choice to complement her youthful look. Anna's co-star in “Up in the Air”, Vera Farmiga, went for one of my favourite Spring 2010 collections, parading a heavenly pleated J. Mendel. I am not one for deep Vs, but Vera's was discreet and delicate.

Christina Hendricks chose a one-shoulder red Carolina Herrera gown to showcase her curves. That natural waist seam was just perfectly placed. I love her eye colour and her make-up really brought out the beautiful blue.

Below is my selection and some of the hairstyles that caught my eye at the 2010 SAG Awards. Enjoy!

{ diane kruger em | in jason wu }

{ christina applegate em | in roberto cavalli}

{ sandra bullock em | in alexander mcqueen}

{ stana katic }

{ drew barrymore em | in monique lhuillier }

{ anna kendrick em | in alberta ferretti }

{ vera farmiga em | in j. mendel }

{ anna kendrick e | and vera farmiga }

{ christina hendricks em | in carolina herrera }

{ jane krakowski em | in alberta ferretti }

{ kyra sedgwick em | in vera wang }

{ mariana klaveno em | in tadashi shoji }

{ marion cottilard em | in elie saab }

{ tina fey em | in ferragamo }

{ hair to one shoulder }
{ penelope cruz } { michelle monaghan }
{ mariah carey } { jennifer westfeldt }

{ the messy knot }
{ diane kruger } { sandra bullock }

{ messy updo }
{ kate hudson } { christina hendricks }

{ fringe fabulous }
{ kyra sedgwick } { helen mirren }

{ braided detail }
{ mariana klaveno } { sarah hyland }


terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Johanna Johnson 2010

Johanna Johnson 2010
19/01/10

Zepphora, a nova coleção da designer australiana Johanna Johnson, é o paraíso do corte enviesado, trazendo a extravagância e a efervescência dos anos 20 e 30, com um mar de contas, cristais e cetim. Os vestidos são dramáticos (nunca carnavalescos): perfeitos para a noiva segura de si e acostumada aos holofotes.

A renda trabalhada à mão e os adornos bordados dão um ar régio e de personalização às criações prêt-à-porter de Johanna. Dê só uma olhada no Isolde II, com seu cinto e detalhe no ombro em cristais Swarovski, e no Susannah, com sua aplicação em renda francesa posicionada para dar movimento às mangas japonesas e emoldurar as costas.

Acho incrível que todos os acessórios exibidos possam ser personalizados e a maioria dos detalhes nos vestidos são adicionados ou removidos de acordo com o gosto da noiva. A possibilidade de dar o seu toque a um vestido prêt-à-porter diz muito sobre uma marca. Sou super a favor dessa nova tendência de ampliar nossas opções e trazer um pouco de exclusividade sob medida—como a fórmula dos separados da Monique Lhuillier!

Espero que vocês gostem da minha seleção, mas não deixem de passar aqui e aqui para ver os outros modelos! Ah, a Johanna também tem Twitter! Fiquei morta de inveja quando ela postou estar "até os joelhos em adornos e rendas parisienses"!

The new Johanna Johnson collection, Zepphora, is bias cut heaven, bringing back the 20's and 30's panache and effervescence, with a sea of crystals, beads and satin. It is dramatic, yet never gaudy: perfect for a bride who is sure of herself and not afraid to shine.

The hand-worked lace and beaded embellishments add a regal, bespoke touch to Johanna's ready-to-wear designs. Just look at The Isolde II, with its Swarovski belt and shoulder detail, or The Susannah, with its French lace appliqué positioned to create fluttery capped sleeves and frame the open back.

I find it amazing that all accessories showed are customizable and many of the dresses’ details are added or removed according to the bride's wishes. It says a lot about a brand when you can add your own personal touch to an off-the-peg dress. This trend of giving us a taste of the made-to-measure world and widening our choices—very much like Monique Lhuillier's separates—is one which I am all for!

I hope you enjoy my selection, but make sure to stop by here and here to check the rest of the dresses! Oh, and Johanna tweets! I have to say I was green with envy when she mentioned being “knee deep in Parisian laces and embellishments!"

{ the vintage }

{ the caroline }

{ the susannah }

{ the isolde ii }

{ the isolde i }

{ the garden }

{ the viva }

{ the cosmo }

{ the ruby }

{ the violet }

{ the lola }

{ the inez }

{ the vivienne }

{ the flora | the helena }

{ the starla }

{ the cosette }

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

2010 Golden Globe Awards

2010 Golden Globe Awards
18/01/2010

Drew Barrymore poderia se passar por uma musa neste glorioso Versace nude. Os hérissons de cristal no ombro e no quadril, o corselete estruturado e o revestimento translúcido criaram um vestido surpreendente que Drew tanto vestiu quanto acessorou de uma forma superbonita.

A Diane Kruger escolheu um modelo em degradé pink pelo meu querido Christian Lacroix. Ela sabe como me agradar, favorecendo meus favoritos: Pacey, Lagerfeld (e seus variados outlets) e, agora, Lacroix. Por falar nisso, muitas fotos fofas dela com Pacey. Tive que postar algumas. Desculpem-me!

Chloé Sevigny estava perfeitamente etérea em seu Valentino de babados. Passei um tempão tentando entender como o vestido ficava no lugar até descobrir a pala em tecido translúcido. Supertranslúcido mesmo!

Já Nicole Kidman estava vintage num Nina Ricci em cetim com laços espalhados. É impossível não amar aqueles botões laterais e seu coque de lado!

A Toni Collette, em Elie Saab, e a Jennifer Garner, de Versace, fizeram escolhas radiantes (literalmente) na forma de vestidos listrados. Com toques de brilho mais localizados, Jeanne Tripplehorn optou por um Alberta Ferretti deslumbrante e Kate Winslet escolheu um Yves Saint Laurent que destacou suas curvas de um jeito lindo. Aliás, o penteado da Kate foi a definição de equilíbrio: um coque despenteado bastante controlado.

Algumas outras considerações:
. O decote da Ginnifer Goodwin estava uma graça (quero mais detalhes como esse, por favor!);
. A filha da Joan Allen, Sadie Friedman, estava num vestido tipo deusa grega superfluido que parecia perfeito nela;
. O corte pixie da Carrie Mulligan, adornado com uma adorável tiara (na verdade, um colar de diamantes do século XIX de 20 quilates da Fred Leighton); as ondas doces da Rose Byrne, decoradas com um broche; e o coque lateral + os enormes brincos (aliás, a noite foi de brincos-statement, não é mesmo?) de Kate Hudson também estavam inspiradores e mereceram ser incluídos.

Aqui vão minha escolhas da noite:

Drew Barrymore looked muse-like in this glorious nude Versace. The crystallized hérissons on the shoulder and hip, the boned corset and sheer overlay combined to create a dazzling gown carried beautifully by Drew and accessorised likewise.

Diane Kruger wore a pink degradé gown by my loveable and hugable Christian Lacroix. She knows how to please me, favouring my favourites: Pacey, Lagerfeld (and his varied outlets) and, now, Lacroix. By the way, many cute photos of her and Pacey. Had to post some. Sorry!

Chloé Sevigny was perfectly ethereal in her ruffled Valentino. I spent a long time trying to figure out how the dress was kept together until I spotted the illusion neckline. Illusion indeed!

Nicole Kidman embodied vintage in a satin Nina Ricci with bows all over. One has got to love those side buttons and her side bun!

Toni Colette, in Elie Saab, and Jennifer Garner, in Versace, made glittery-perfect choices in the form of striped garments. With more localized jewelled touches, Jeanne Tripplehorn opted for a stunning Alberta Ferretti and Kate Winslet chose an Yves Saint Laurent that made her curves stand out beautifully. By the way, Kate's hairdo was the definition of equilibrium: a very controlled messy bun.

On other notes:
. Ginnifer Goodwin's neckline was oh-so gorgeous (I want more details like that, please!);
. Joan Allen's daughter, Sadie Friedman, was wearing a fluid goddess-like gown that looked perfect on her;
. Carrey Mulligan's pixie cut adorned with that lovely tiara of hers (actually a 19th century, 20-carat, single-strand diamond necklace by Fred Leighton), Rose Byrne's sweet waves decorated with a brooch and Kate Hudson's side bun + enormous earrings (by the way, it was the statement-earrings-night, wasn't it?) were also inspiring and needed to be included.

Here are my choices of the night:

{ drew barrymore de | in versace }

{ diane kruger de | in christian lacroix }

{ chloé sevigny de | in valentino }

{ nicole kidman de | in nina ricci }

{ toni collette de | in elie saab }


{ jennifer garner de | in versace }

{ jeanne tripplehorn de | in alberta ferretti }

{ kate winslet de | in yves saint laurent }

{ ginnifer goodwin de | in vionnet }

{ penelope cruz de | in armani privé }

{ rose byrne de | in lanvin }

{ sadie friedman }

{ jane krakowski de | in j. mendel }

{ emily blunt de | in dolce & gabbana }

{ helen mirren de | in armani privé }

{ maggie gyllenhaal de | in rm by roland mouret }

{ costas em detalhe } { back details }
{ jennifer garner de | in versace } { toni colette de | in elie saab }
{ zoe saldana de | in louis vuitton } { jennifer morrison de | in luis antonio }

{ carrey mulligan }

{ kate hudson }

{ fotos | photos: wireimage }